trasp.png

BANCO DE CAPACITORES

banco de capacitores, correção do fator de potência
Bancos de Capacitores

Existem três tipos de banco de capacitores, os bancos de capacitores automáticos, os bancos de capacitores fixos e os bancos de capacitores programáveis, cada um tem uma determinada recomendação que apenas uma empresa técnica pode informar.

 

Os componentes de um banco de capacitores são fundamentais para o rendimento do equipamento como um todo, sendo que os resultados também estão diretamente ligados à qualidade dos componentes.

 

A legislação atual estabele o fator de potência em 0,95 indutivo ou capacitivo, valores inferiores a este são sobretaxados nas fatras de energia elétrica.

 

Consumidores ligados à rede primária de distribuição, bem como os ligados à rede secundária (baixa tensão) devem atender a esta disposição.

Manutenção em subestações
MANUTENÇÃO MT

A Engelétrica Ind. Com. e Serv Elétricos Ltda. é uma empresa especializada em serviços de manutenção elétrica em subestações de média tensão (cabines primérias), classe 15/25kV. 

 

Atuamos com equipe própria e qualificada, todos os colaboradores são certificados NR 10,  para execução das atividades, desde o diagnóstico até a correção de falhas.

 

A Engeletrica mantém um programa contratual  de intervençoes periodicas, planejadas e emergenciais, elaborado de forma a atender as condições especícas da instalação, levando em conta as condições ambientais, potências e criticidade da instalação.

 

Um plantão 24 horas está pronto para atender as mais diversas ocorrências.

 

 

Laudos técnicos - elétrica, SPDA e ICMS
LAUDOS TÉCNICOS

Os laudos técnicos são documentos elaborados por profissionais do setor elétrico, seguindo as recomendações e exigências das Agências reguladoras, Concessionárias e outros órgãos.

 

Estes documentos servem como certificação para determinadas situações como instalação de para-raios, norma regulamentadora de segurança (NR10) e crédito de ICMS nas faturas de energia.

 

  • Laudo para crédito de ICMS

  • audo para instalações elétricas

  • Laudo de SPDA

  • Auditoria NR10

  • Estudos e projetos

  • Medições de resistência de aterramento

 

Conte com nossa equipe de profissionais para orientá-lo.

 

OUTROS SERVIÇOS

 

Sistema Administrativo

 

Permite o acesso a diversas informações em tempo real:

  • Agendamento de serviços;

  • Agendamento de manutenções;

  • Ordens de serviço;

  • Autorizações ;

  • Controle de validade dos laudos técnicos;

  • Apuração de crédito de ICMS;

  • Propostas comerciais;

  • Outros.

SIME - Informação e Monitoramento

 

Uma poderesa ferramenta que permite acompanhar o desempenho da instalção através do monitoramento permanente dos registros feitos pela concessionária em seu sistema de medição.

A qualquer momento e de qualquer lugar, contatndo apenas com um acesso a internet, você pode visualizar os registros do medidor de energia, fazer simulações de cargas e capacitores, ver as informações de sua fatura de energia antes de recebê-la e muito mais.

Termografia

 

A importância da temperatura é enorme, sendo uma das medições mais realizadas diariamente. A todo instante e para inúmeros fins nos preocupamos com a temperatura. A evolução dos equipamentos de aquisição de imagens termográficas vem colocando a termografia como elemento de manutenção preditiva em destaque na área industrial.

 

Anualmente, antes da execução do check-up nas instalações eletricas de média tensão (cabines primárias / subestações), é recomendada uma inspeção termográfica com o objetivo de detectar eventuais anomalias que possam dar origem a falhas em:

 

-Conexões;

-Muflas;

-Relés;

-Transformadores;

-Para-raios de linha;

-Isoladores.

 

Sempre que necessário deve ser  emitido um relatório de não conformidade do qual conste as seguintes informações:

 

-Não conformidade;

-Causa provável;

-Ação corretiva recomendada;

 

Após a execução de uma ação visando à correção do problema

apontado deve ser efetuada a avaliação da eficácia da medida adotada.

Este procedimento garante que o resultado pretendido seja de fato alcançado.

As irregularidades ou deficiências observadas devem ser classificadas de acordo com a sua criticidade.

 

Aplicação:

a) Transformadores;

b) Barramentos;

c) Conexões;

d) Para-raios de linha;;

e) Banco de capacitores;

g) Muflas.

Análise de Rede

 

Equipamentos de última geração aliados à experiência de campo, garantem resultados condusivos que podem direcionar ações de caráter preventivo e corretivo de forma tempestiva, evitando a paralisação de setores críticos de uma empresa.

Correção do Fator de Potência

 

O que é fator de potência?

Fator de potência é a razão entre a potência ativa e a potência aparente. Ele indica a eficiência do uso da energia. Um alto fator de potência indica uma eficiência alta e inversamente, um fator de potência baixo indica baixa eficiência energética. Um triângulo retângulo é frequentemente utilizado para representar as relações entre kW, kvar e kVA.

 

O que é um capacitor?

Capacitor é um dispositivo capaz de gerar um fluxo de energia elétrica reativa capacitiva, ou seja, com fase oposta à 
energia reativa dos dispositivos indutivos, diminuindo os valores de perda e queda de tensão no sistema 
elétrico de corrente alternada.

 

Para que serve o banco de capacitor?

Corrigir o fator de potência de equipamentos e instalações.
Com a instalação de capacitores a corrente aparente é reduzida, e liberada capacidade do sistema para o incremento da potência ativa.
Observa-se a redução de perdas e a eliminação de multas cobradas nas faturas de energia, decorrente de excedentes reativos.

 

Potência ativa

Potência que efetivamente realiza trabalho gerando calor, luz, movimento, etc., sendo medida em kW.

 

Potência reativa

Potência usada apenas para criar e manter os campos eletromagnéticos das cargas indutivas. É medida em kvar.

Sistemas de Aterramento

 

De acordo com a Norma vigente, a NBR 5410 os esquemas de aterramento, para efeito de proteção, são classificados em:

TN, TT e IT.

O sistema TN tem um ponto diretamente aterrado, sendo as massas ligadas a este ponto através de condutores de proteção. De acordo com a disposição dos condutores, Neutro e de Proteção, este sistema se subdivide em:

- TN-S onde os condutores Neutro (N) e o de Proteção (condutor PE) são distintos.

- TN-C no qual as funções de neutro e de proteção são combinadas em um único condutor (condutor PEN).
Observação: A Norma vigente NBR 5410 da ABNT estabelece que o condutor PEN, não deve ser seccionado.

- TN-C-S quando somente em parte do sistema as funções de Neutro e Proteção são combinadas em um só condutor. 

O sistema TT tem um ponto diretamente aterrado, sendo as massas ligadas a eletrodos de aterramento, eletricamente independentes do eletrodo de aterramento da alimentação.

O sistema IT não tem nenhum ponto da alimentação diretamente aterrado, estando as massas aterradas.

Laudo Técnico para Crédito de ICMS

 

Como separar o consumo dos setores produtivos e não produtivos?

Para fazer a separação da energia elétrica utilizada, é preciso classificar os setores em industriais e não industriais e a forma mais isenta é se apoiar nos conhecimentos de um perito idôneo e independente, na forma de Laudo Técnico.

 

Laudo Técnico para Crédito de ICMS

Sobre a necessidade de produção de laudo técnico para a comprovação do montante de energia elétrica utilizado no processo produtivo cabe esclarecer que nem todos os Estados impõem esta condição para a comprovação do montante utilizado da produção, contudo, o laudo técnico passou a ser utilizado como o meio mais eficaz e seguro para se comprovar o crédito.

 

O Laudo para Crédito de ICMS tem valor legal?

O Laudo, quando emitido em conformidade com a Lei, é um instrumento de valor legal e dá legitimidade ao ato fiscal.

 

Periodicidade da elaboração do Laudo Técnico para Crédito de ICMS

O laudo deve ser mantido atualizado, porém não observamos lei fiscal nem base cientifica que obrigue a renovação anual do Laudo. A única lei é a do bom senso, isto é, o Laudo deve ser renovado sempre que houver alterações significantes que possam influir nos índices de rateio (mudança da legislação, reformas, ampliações e assemelhados).
De qualquer forma o período de um ano parece razoável para a renovação, demonstrando um interesse permanente em atender às melhores técnicas.

INSPEÇÃO MENSAL DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE

MÉDIA TENSÃO

 

Mensalmente é efetuada a verificação das condições gerais de

conservação e funcionamento das instalações elétricas de média tensão.

Durante a inspeção é preenchido o formulário adequado do qual constam os principais itens a serem observados e a condição em que os mesmos foram encontrados, sendo assinaladas as condições entre:

 

REGULAR / IRREGULAR / NÃO EXISTE / NÃO VISÍVEL

 

Quando observada alguma irregularidade que necessite de intervenção de urgência ou emergência é emitido o RNC RELATÓRIO DE NÃO CONFORMIDADE do qual consta a irregularidade observada, a causa provável, e a providência recomendada.

 

Serão feitas as seguintes inspeções:

 

Sonora:

Ocorrência de descargas elétricas.

Vibrações excessivas dos reles de sobrecorrente, varetas, da bobina de mínima tensão, etc.

 

Visual:

Efeito corona, descargas intermitentes.

Danos físicos, tais como trincas, destacamento de material, desalinhamento, etc.

Condições gerais de conservação.

Existência de objetos estranhos.

Nível de temperatura aparente.

Iluminação interna artificial.

Verificação da iluminação de emergência.

Nível de óleo do disjuntor.(quando acessível)

Nível de óleo do transformador.(quando acessível)

Condição dos equipamentos de segurança.

Carga do extintor (data de validade).

Funcionamento do banco de capacitores. (se houver)

Condição dos para-raios de linha. (se houverem)

Fechamento das seccionadoras. (simultaneidade)

Medição de tensão secundária do transformador.

Medição de intensidade da corrente secundária dos transformadores.

Verificação do sistema de aterramento.

 

ODOR:

Ozona, ocorrência de cheiro característico de carbonização.

BANCOS DE CAPACITORES FIXOS

 

Os bancos de capacitores fixos destinam-se à compensação de reativos permanentes e constantes, como transformadores operando em vazio.

Por opção do comprador os acessórios variam de forma a atender suas necessidades locais.

A composição mínima inclui caixa tipo I, proteção por meio de minidisjuntor e capacitor.

Quando o sistema for utilizado para compensação de motores é prevista a utilização de contator AC-6B, sinaleiro e chave comutadora de três posições. O uso de um contator visa 

preservar a vida útil do sistema.

Outra preocupação é quando o sistema atuar sobre cargas pulsantes, como pontes rolantes, neste caso deve ser feita opção por um sistema programável.

 

BANCOS DE CAPACITORES PROGRAMÁVEIS

 

Utilizados para a compensação geral, em pequenos Consumidores, ou para grupos de máquinas.

Seu acionamento baseia-se no período indutivo e capacitivo. Por meio de um programador cíclico o banco de capacitores é acionado no período indutivo e desligado no período capacitivo de forma a atender as exigências normativas quanto ao fator de potência mínimo.

Além do programador cíclico é instalado um temporizador que evita o acionamento imediato do sistema em caso de desligamento. Este dispositivo visa preservar o conjunto, uma vez que após o seu desligamento, o capacitor, em decorrência de dispositivo de descarga, deverá ter sua tensão residual reduzida a 10% da tensão nominal após 30s.

Cada módulo capacitivo composto por proteção, contator e capacitor é sinalizado e manobrado por meio de um conjunto individual de sinaleiro e chave comutadora de três posiçõeS.

 

BANCOS DE CAPACITORES AUTOMÁTICOS

 

Seu acionamento baseia-se na necessidade momentânea de um circuito, seja ele geral ou parcial.

Por meio de um controlador automático do fator de potência o acionamento de estágios é feito considerando a necessidade de compensação e a potência de cada estágio disponível.

Proteção geral por meio de chave seccionadora tipo NH, bases e fusíveis ou disjuntor caixa moldada. Em casos específicos são utilizados barramentos de cobre eletrolítico grau de pureza 

99%, tratados quimicamente - deposição de prata – nos pontos destinados às conexões elétricas.

Eventuais partes vivas são devidamente isoladas por meio de anteparos executados em policarbonato.

Cada estágio é protegido individualmente por meio de fusíveis NH ou minidisjuntores contando com sinaleiro que indica a condição ligado e chaves comutadoras de três posições

Mercado Livre de Energia 

 

Quem pode se enquadrar no Mercado Livre de Energia?

Os Consumidores Livres são aqueles cuja a demanda de energia em qualquer segmento horário, isto é, Ponta ou Fora de Ponta, tenha contrato igual ou superior a 3.000 kW (3 MW).

Este tipo de consumidor pode adquirir, no mercado livre, energia de qualquer fonte de geração, seja ela Hidrelétrica ou Termelétrica, etc.

Os Consumidores Especiais são aqueles cuja demanda de energia em qualquer segmentos horário, isto é, Ponta ou Fora de Ponta, tenham demanda contratada de 500 kW (0,5 MW) até 3.000 kW (3 MW), podendo ser cargas únicas ou a soma de cargas, desde que sejam empresas coligadas com comunhão de interesse, isto é, mesmo CNPJ (empresas de mesmo grupo empresarial).

Este tipo de consumidor, no mercado livre, somente pode adquirir energia de fontes incentivadas, que são:

- PCHs: Pequenas Centrais Hidrelétricas, que são usinas hidrelétricas com potência instalada de até 30.000 kW (30 MW);
- Biomassa: Termelétricas cujo combustível seja, por exemplo, bagaço de cana de açúcar, casca de arros, detritos urbanos, etc.; 
- Eólica: Fonte de geração que utiliza a força dos ventos;
- Solar: Fonte de geração que utiliza a energia do sol;

Tanto os Consumidores Livres como os Consumidores Especiais, no mercado livre têm a liberdade de negociar a compra de energia elétrica, negociando livremente preços e prazos, podendo ser comprada na totalidade ou parcialmente.

PLANTÃO 24h

 

- O atendimento de emergência É realizado no prazo de até 4 horas da abertura do chamado caracterizado como emergência em média tensão.

- É disponibilizado corpo técnico preparado para efetuar reparos necessários às instalações elétricas de média tensão visando corrigir irregularidade dentro do menor prazo possível, após caracterização de uma situação de emergência ou urgência.

- São mantidos em estoque materiais de uso normal, que encontram-se em fabricação, de forma a permitir um atendimento imediato, através da reposição das peças ou equipamentos danificados.

- Em casos específicos onde os materiais não estejam em linha normal de fabricação, ou não houver a possibilidade de reparo imediato, são tomadas medidas que provisoriamente sejam capazes de restabelecer a energia elétrica.

Engeletrica